Café Gourmet

Sinta o aroma... Café curto, nem pensar!!!
Faz tempo que o café vem ocupando um grande espaço em minha vida. Com a chegada da minha cafeteira DeLonghi, estou virando um expert.
Antes eu não era fã de café. Nescafé para mim estava ótimo… Não aguentava o “trabalho” de “ver” um café de pó ser passado na hora, mesmo com aquela cafeteirazinha italiana de bule que existia por aqui…
Fiquei só, e comecei a sair de noite para beber café no Muffuletta. Café Baileys. Animei-me e comprei um porta filtro com filtrinhos da Mellita. Comprei errado, pois peguei o menorzino e nem dava para dois cafezinhos e vivia entupindo. Resolvi então partir para a cafeteira super luxo especial: a máquina italiana de expresso DeLonghi.
A partir daí virei um degustador de cafés, pois tenho comprado todos os tipos e jeitos de pó:
Mellita Tradicional: Bom, forte… Sabor básico. Tem a tendência de ficar ou muito forte ou as vezes fraco na máquina de expresso, talvez por ser moido muito fininho e entupir facilmente o filtro metálico.
Descafeinado: Bom para tomar a noite e não perder o sono, mas seu sabor é bem inferior aos demais…
Mellita Forte: Melhor do que o Tradicional. Rende mais, com uma porção para 2 dá para passar tranquilamente com água para 4 e ainda fica bem encorpado.
Creme Irlandês: Meu favorito com sabor. Quase um Baileys Coffee, sem Baileys!!! E o aroma então, deixa qualquer um com água na boca. Serve para impressionar quem vem no RubiBar.
Chocolate com Trufas: Sabor estranho, não parece café. Fraco com muito gosto de chocolate. Apenas para tomar de vez em quando e não comprar mais quando acabar o pacotinho…
Cafeterie (Café do Ponto): O meu predileto até agora!!! Café super luxo especial, feito de grãos arábicos (seja lá o que isso significa…). O aroma é inacreditável, o sabor é perfeito. Ele é especial para máquinas de expresso, portanto nem compre se você não tiver uma. E falando nisso, é o café mais caro também: o dobro do preço dos demais!
Meu amigo Jones me falou que agora eu tenho que comprar uma maquininha de moer os grãos de café e eu mesmo fazer o meu “blend”, com a mistura de grãos que eu achar mais adequada ao meu paladar e com a granulometria do pó que eu desejar!!!
Vai ser difícil eu superar o Cafeterie, mas adivinhem se eu não vou tentar?!?!?!

4 comentários sobre “Café Gourmet

  1. Olá achei muito interessante sua descrição e gosto pelo café. sou estudante de Desenho Industrial e quero modificar e melhorar as cafeteiras convencionais, gostaria de sua opinião, pois ela será de grande ajuda para meu trabalho onde quero trazer melhorias para colocar idéias novas que estam faltando no mercado.
    obrigado

    Curtir

  2. Caros senhores, pretendo montar em minha cidade um Café-Bar. Entretanto gostaria de trabalhar apenas com café de qualidade. Deste modo, por minha falta de conhecimento no ramo, gostaria de saber quais são as melhores cafeteiras para eu colocar no meu estabecimento, e onde posoo caomprá-las. Se alguém souber, faça a gentileza de entrar em contato.
    Agradeço atecipadamente
    Renato
    raltro@uol.com.br

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s