A Magia do Momento

A Magia do Momento se chama Fotografia.
Quando estou fotografando, vivencio totalmente o Agora. São momentos em que meu Ser se desconecta com qualquer preocupação de passado ou futuro e fica só na posição de observador do Presente, um observador intenso do Momento atual.
Parece que a mente pára, e o Ser fica como um “caçador” do Momento, a espreita de um click ideal.
Hoje no After do Clube de Regatas, tive Momentos fotográficos mágicos…
Esses Momentos Mágicos que estavam alí, se repetem muitas vezes ao longo de nossas existências e infelizmente a gente não se apercebe. Tem que se estar Consciente para vivenciar o Agora. A nossa mente parece que tem medo do Momento Atual, fica o tempo todo fugindo para o passado ou tramando um futuro, e assim deixa passar esses Momentos mágicos… Eu só consegui capturar esses momentos porque estava desperto para a Consciência e focado no que estava acontecendo, deixando a mente totalmente parada. Adoro quando isso acontece. Que sensação boa estar totalmente conectado com o Agora. Eh uma outra forma de Meditação…
Alguns dos Momentos Mágicos que registrei foram coisa tão de “momento” que nunca poderiam voltar ou se repetir. Tudo muda, a luz, a posição das pessoas, minha obaservação, enfim… o Momento é único: uma perfeita conjugação entre o objeto, o meio que o envolve e o observador. Essa conjunção faz a magia e a exclusividade. Um observador é sempre necessário para validar uma realização.
Teve uma foto da Danizinha na árvore que a luz ficou intensamente dourada. Tirei várias outras no mesmo local, e não ficou igual.
Tirei uma foto do Calli segurando o cachorrinho dele. Parecia que ele estava acalentando um bebê. Muita ternura registrada naquele “click”. E adivinhem qual o número dessa foto? Bem, foto do Calliari só podia ter “11”. Foi a foto 111… Quase “ele”, de novo… Mas mais um forte indicativo dessa força louca, louca… que nos empurra.
Tirei uma foto da Thaís que chamei de “Oi Banho”, pois ela ficou na frente de um cartaz e as letras que apareceram formaram essas palavras.
Estava falando com o Calliari sobre os pilares da Ponte do Guaíba, que formam um perfeito 11:11. Fotografei o reflexo dos pilares na água do Guaíba e eles pareciam dançar, sincronizados com o trance que rolava no Clube de Regatas. Que momento legal…
As vezes a gente caça o Momento e as vezes ele nos aparece de presente. A Poli tem um piercing de umbigo que parece com um ouriço do mar verde. Percebi que vendo a barriguinha dela de perfil a composiçao com o piercing pontiagudo ficaria legal. Devo ter feito mais de 10 fotos, sem sucesso. Mas de repente percebi a cena de ela de costas, e comecei a clicar, e a composição ficou realmente única, abstrata, maravilhosa: luz, volume, cor…
Tiveram vários outros Momentos… O Fabs tocando atrás da árvore, a Cristixa dançando e sorrindo, enfim…
Quando se está inspirado na Magia do Momento, focado totalmente no Agora e com a Mente livre, todos os Momentos são mágicos.

5 comentários sobre “A Magia do Momento

  1. Parabéns, meu amigo, por mais um dom que desenvolves com tanto sucesso!
    As fotos que tiras são incríveis e a cada festa que passa, podemos perceber que estás ficando realmente bom nisso!
    Mas não vamos menosprezar às tuas modelos preferidas, Cristixa, Dani e Tatá que tão sempre dispostas para posar pras tuas lentes! Sempre descobrindo os locais mais excêntricos para serem clicados!

    Curtir

  2. Pois é Rubis, na vida há momentos mágicos em que registramos apenas nas nossas lembranças… mas agradeço a ti por compartilhar estes momentos, e melhor, registrá-los…
    Tu é demais…somos…
    Bjs

    Curtir

  3. É fantastico tirar fotos nao??? ihih Eu sei como é isso, pegar momentos unicos das pessoas, e cada momento vc pegou la no after, que nosssaaa q locuraaa. Sem contar vc ter em casa tao maravilhosas recordaçoes de pessoas amigas, momentos felizes, é demais!!! Dorei as fotos q vc fez, nao esquece de me passar depois ein !

    Curtir

  4. Rubis, realmente fotografar é registrar instantes, momentos únicos, e tem seu grande valor.. É q outro dia, até te comentei, após ver os 2 vídeozinhos la do ‘Ninho’ e depois ver as fotos, primeiramente fiquei sentindo falta do movimento, do som, da continuidade que o ‘filme’ proporciona.. mas sao coisas diferentes.. bem como descreves, o instante q uma foto pode captar, é muitas vezes mais belo q a velocidade faz da vida..

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s