Um “Segredinho”

Um mês atrás eu fiz uma auditoria no interior e lá a auditada me deu um texto sobre “um novo filme” chamado O Segredo. Lí o texto e gostei, pois os princípios eram baseados em princípios místicos de mentalização e harmonização.
Semanas após, em outra auditoria, o cliente me presenteia com uma cópia de “um novo filme”, segundo ele, “muito interessante”… Adivinhem qual era? Sim… “O Segredo”. Adorei a montagem do filme, parecida com o “Quem somos nós”, mas com menos efeitos especiais e tal…
No hinário do dia 25, com a presença do Padrinho Valdete, um de seus hinos me toca de maneira especial, pois em uma das partes da letra é dito: “Eu sempre peço a meu Mestre e ele sempre está me dando, mas vós mesmo é quem me diz: Vai pedindo e eu vou te dando”… Essa frase pode ser considerada como um resumo do filme!
Saio do trabalho com a melodia na cabeça. Na noite segiunte inicio o meu Ableton LIVE e começo a compor um arranjo para esse hino, que se chama “A Benção”. Não paro de produzir até que a música fique pronta, e vou deitar madrugada adentro.
Ontem a noite foi noite da reunião da “família” no Mr.DAM. Coisa boa ver todos os amigos lá. O ambiente estava mais do que especial: tínhamos a pista de dança onde tocavam DJs como Roma, Ssoniq e Calliari; e no andar superior amplos sofás e almofadões, ao som do chill out da Ana Herrera e do Lucas. As pessoas serenas, trocando energias em volta dos naguilés. Levo um CD de presente para o Calliari, com as minhas músicas de chill out. Ele pede para ouvir uma e aproveito para tocar… “A Benção”! Não fazia nem 24 horas que a música havia sido produzida e já estava sendo tocada para a galera curtir.
Essa é a realidade deste Agora: todos os eventos entrelaçados, uns influenciando e co-criando com os outros, fazendo as coisas surgirem numa velocidade impressionante.
Tenhas a intenção e vai pedindo: confie que a hora e o lugar lá estarão.

Aniversários e KIN-versários

Esse é o CalliariEsse é o meu KIN: Aonde tudo é possível, liberte-se das ataduras e dos velhos padrões
Estamos em época de aniversários e de kin-versários…
Hoje é o aniversário do Calliari, meu grande amigo do 11:11, do Psy e do Juramidam… e de muitas outras que ainda estão por vir…
E amanhã, dia 30/11, é o dia do meu KIN no Calendário Maia! Dia do Guerreiro Espectral. Espectral é 11… Eu vivo batalhando e sou 11, portanto, o selo é perfeito para mim!!! Viva o meu KIN-versário!!!
Estarei hoje, confraternizando com o Calliari e com a PsyTranceNation, a Egrégora do Bem, no Mister DAM estes Aniversários e KIN-versários… Parabéns…

Contrastes de um Momento…

Prisma Zero Km e Casa Mal Assombrada
Imóvel velho e Automóvel novo…

Feira Permamente do Livro

eu leio sim, estou relendo, tem gente que não lê e não tá sabendo, eu leio sim...
Nunca mais escrevi sobre no Mondo Livro porque… estou lendo… lendo moito
Os mais recentes que eu li e estou lendo são esses daí de acima. E aqui um pequeno trecho de cada um:
O Valor da Arte na EducaçãoSri Aurobindo: “Existe nos tempos modernos uma tendência para depreciar o valor do belo e enfatizar demasiadamente o valor do fútil…”.
O Coração da CompreensãoTich Nhat Hanh: “A Lua é sempre Lua: Nós vemos a Lua crescente e decrescente, mas é sempre Lua”.
A Era da ConsciênciaUbiratan D’Ambrósio: “O que a gente sabe do passado? Quer dizer, o passado acaba sendo uma reconstrução fortemente influenciada pela nossa postura ideológica, pelo nosso desejo do que deve ser.”.
Novas Mensagens do Sanctum CelestialRaymond Bernard, F.R.C.: “É evidente que, se os homens tivessem sido acostumados a considerar Deus como a Bondade Mesma, eles teriam clamado, mesmo que nos momentos mais terríveis, com toda a confiança que ‘Seja Feita a Sua Vontade’, sabendo que essa vontade de bem e bondade, longr de causar desespero e infelicidade, podia, só ela, fechar feridas e pôr ordem onde houvesse confussão.”
Utopia QuânticaWlademir Guglinski: “Muito mudou alo longo dos últimos 200 anos. No século 20, eram relativamente poucas as pessoas que lidavam com as experiências e os fenômenos quânticos, se o senhor considerar uma pouplação de 6 bilhões, nem um milésimo da população envolvia-se com experiências quânticas… assim a consciência forjou uma realidade objetiva na qual a existência dos objetos macroscópicos não dependia da observação. Mas depois de 2050, ao longo dos anos, houve um crescimento vertiginoso tanto de fenômenos quânticos, presentes em todas as máquinas e instrumentos, como houve também aumento na quantidade de pessoas envolvidadas no controle de tais fenômenos. Houve assim um crescimento da consciência coletiva.”.

Never enough…

Se eu tivesse tido…
Se eu quereria ter tido…
MAIS!
Mais, mais e mais… A base do progresso material e do regresso espiritual do homem.
( veja outro artigo)

Panquecas Floridas

Maravilhas do Rubistro... Peça para o seu bofe fazer um desses para você também...
E nesta segunda a noite foi noite de Rubis com a barriga no fogão. Prato preparado: Panquecas Floridas. Doces e Salgadas. Panquecas Floridas para uma Rosa…
As salgadas foram de ricota, espinafre e ervas finas, com molho branco.
As “dulces” foram de maças, nozes e passas, envoltas num “ingrediente secreto”, recobertas com molho de creme de leite.
A flores eram Nastúrcios. Comestíveis. Afrodisíacos… Como eu gosto de comer flores… Hummmmm….

Sutra do MondoVR

O Infinito, é Tão BO-NI-TO...
[fonte: http://www.sgeier.net/fractals/indexe.php%5D
Existe um pouco de nuvem nesse blog.
Quando eu leio o MondoVR eu uso a eletricidade, que em nosso país se deve em sua maioria à energia das hidrelétricas. A água das usinas hidrelétricas vem dos rios, que por sua vez são alimentados também pela água das chuvas, que vem das nuvens…
Existe um pouco de mar nesse blog.
O mar quando bate na praia compõe com o solo da terra a areia. A areia é rica em silício. O silício é a matéria prima dos chips dos computadores, como esse que você usa agora ao ler o Mondo…
Existe um pouco de mim nesse blog.
Por mais que eu expresse aqui a minha percepção e os meus insights, minha totalidade não pode ser limitada ao MondoVR. O pouco de mim que existe aqui é um padrão infinitésimo de meu todo…
Existe um pouco de você nesse blog.
Pois o Mondo só se manifesta a partir da tua opinião, de sua reflexão. Mesmo que não comentes, o blog se expande a partir de você, e assim penetra em outras dimensões, propagando um fractal de criação infinito…
Existe um pouco de tudo nesse blog.
Vários “mondos” que se unem, música, fotos, trabalho, pessoas… numa convivência pacífica entre os opostos, textos que se sobrepõem para criar um contexto único… E a divisão do único e exclusivo vai sendo formada pelo todo, pelo tudo.
Assim, o Todo é Uno e o Uno depende do Todo!
(texto baseado no Sutra do Coração)


“Em poucas palavras, a verdade última da existência, segundo o buddhismo, é shunyata, ou a vacuidade. Porém, “vacuidade” não quer dizer […] aquilo que é “oco”, mas sim que todos os fenômenos, todas as coisas, existem sob dependência ou interdependentemente, e não por si mesmas. Por esse motivo, porque nada existe por si só mas sim por dependência, cada fenômeno, isoladamente considerado é, em última instância, vazio.” Dalai Lama


O Infinito É Tão Bonito (Padrinho Valdete)
O infinito é tão bonito para quem quer ver e observar
A partir do sol, aí vem a lua e as estrelas para enfeitar

Pode ser dois mil, não sei quando é
Sei que vai pegar como pegou no tempo de Noé…
Todos estão avisados para não errar
Mas só acreditam no que está errado…
PS: O Padrinho Valdete Mota de Melo vai estar conosco, em Porto Alegre, no dia 25/11/2006.

Renascer

Renascendo
Os caras cortaram a árvore, mas não cortaram a Vida. A Vida voltou de dentro, das profundezas do solo, e agora volta a brilhar, no verde das tenras folhas.
Nunca acredite que acabou: Todo segundo que passa é uma outra oportunidade que se apresenta para que tú faças aquilo que só tú sabes que tem que ser feito.
Renascer a cada instante. O segredo de sempre estar em Vida.
Procrastinar é morrer em prestações…

Namgyal

The Interrupted Journey
[clique para ver outras obras de Namgyal]
Namgyal é um pintor talentoso. Suas obras nos remetem a locais únicos, acessíveis apenas bem no fundo de nossa imaginação, mas através de seus quadros são abertos caminhos largos para chegar aonde ele foi.
Namgyal é meu amigo. No MondoVR, aqui e acolá, eu já havia escrito alguns artigos sobre os nossos feitos de outrora.
E agora, juntos novamente, fizemos um web site com uma gota de sua obra (ele tem mais de 1500 quadros…) para mostrá-la para todo o mondo
Parabéns Namgyal !!! Todo o sucesso para o seu movimento de “Progressive Art”, o novo movimento da arte criativa, que só nesse fantástico Paralelo 30 poderia germinar…
Visite http://www.reticencias.com.br/namgyal/.