Mudar antigos hábitos: Uma Nova Consciência!

Estamos testemunhando uma colisão entre nossa civilizacão e a Terra.
E há três fatores que estão causando essa colisão:
O primeiro é a população. Logo após a Segunda Guerra Mundial, a população havia cruzado a marca de dois bilhões. Agora, já quase alcança os seis bilhões e meio. Até 2020 seriam nove bilhões.
Se são necessárias dez mil gerações para alcançar dois bilhões, e então, em uma vida, a nossa passa de dois bilhões para nove bilhões, algo profundamente diferente está acontecendo agora: Estamos pondo mais pressão sobre a Terra… A maioria sucede de nações mais pobres, assim pressiona a demanda por comida. Pressiona a demanda por água. Pressiona os vulneráveis recursos naturais e essa pressão é uma das razões porque termos visto toda essa devastação nas florestas. Não apenas as tropicais, mas em qualquer lugar.
O segundo fator que têm transformado nossa relação com a Terra: A revolução científica e tecnológica é uma grande benção que vêm nos trazendo tremendos benefícios em áreas como medicina e comunicações. Mas esse novo poder que temos também nos traz uma responsabilidade de pensarmos nas conseqüências.
Temos aqui uma fórmula pra pensar. Antigos hábitos e antigas tecnologias têm conseqüências previstas. Antigos hábitos, difíceis de mudar, mas nova tecnologia pode ter conseqüências dramaticamente alteradas.
Guerra com lanças, arcos e flechas e rifles e metralhadoras, é uma coisa. Mas uma tecnologia nova surgiu. A Bomba Atômica!
Temos que pensar diferentemente sobre a guerra, pois as novas tecnologias transformam tanto as conseqüências desse velho hábito… Nossa habilidade de criar um efeito sobre a superfície terrestre se transformou totalmente.
Assim que devemos examinar nossa maneira de pensar, pois nosso modo de pensar é o terceiro e último fator que muda nossa relação com a Terra.
Se um sapo salta num recipiente de água fervente, ele salta pra fora logo em seguida pois sente o perigo. Mas o mesmo sapo, se saltar num recipiente de água morna, que está fervendo aos poucos, ele senta lá e não se mexe. Ficará sentado, mesmo se a temperatura continuar subindo. Ficará lá, até…
Mas esse é o ponto. Nosso sistema nervoso é como o sistema nervoso do sapo. Precisamos de um empurrão antes de perceber o perigo. Se parecer gradual, mesmo acontecendo rapidamente, somos capazes de ficarmos sentados lá e não responder. E não reagir.


Esses trechos acima são do filme Uma Verdadade Inconveniente, um documentário de Al Gore sobre as mudanças climáticas no planeta.
Eu acredito que enquanto continuarmos com ANTIGOS HÁBITOS, não adianta nova nem velhas tecnologias. Aí que está o problema: nos antigos hábitos… A nova tecnologia da Guerra não é o problema, o problema é a Guerra, é o velho hábito. Precisamos deixar florescer uma nova consciência, já!

Anúncios

4 comentários sobre “Mudar antigos hábitos: Uma Nova Consciência!

  1. é uma verdade…
    e de tão verdade que é (o fim da terra), tudo acontece como deve acontecer, e não haveira outra forma para tanto.
    Nada se perde, tudo se transforma…
    se o sapo não morrer, ele muta!
    E se morrer?
    Nasce denovo.
    E se não haver mais recursos naturais para a vida? Para onde vai toda
    a energia (concentrada)?
    será que explodirá em um novo big bang?
    E milhões de anos depois?
    Mais vida?
    Mais planetas terras na “casualidade”?
    Será este o primeiro planeta terra?
    Se viável, será este mais evoluído que o anterior?
    Se há a evolução, haverá um planeta terra perfeito?
    E depois da perfeição, o que vem, levando-se em conta a infinitude cíclica da eternidade?
    Para levantar polêmica: Do que nos adiante preocuparmos se, no fim, vai dar tudo na mesma!
    “The future is uncertain and the end is always near” (Jim Morrison)

    Curtir

  2. Cientistas prevêem aquecimento global superior ao esperado
    O Grupo Intergovernamental sobre a Mudança Climática (IPCC, em inglês), reunido a partir de hoje em Paris para apresentar as respectivas projecções sobre as alterações climáticas, apontou que o aquecimento da Terra neste século deverá ser maior que o cenário traçado pelos cientistas em 2001.
    Desde o último relatório do IPCC, «as evidências das mudanças climáticas ficaram mais claras», afirmou o presidente do grupo, Rajendra Pachauri, na abertura da conferência, que reúne mais de 500 especiialistas e representantes governamentais.
    Os participantes têm que entrar em consenso «palavra por palavra, e linha por linha» sobre o documento que será apresentado na sexta-feira, disse Pachauri, recusando-se a adiantar pormenores por temer que o texto possa sofrer modificações importantes devido à pressão de certos Governos.
    Uum dos membros do IPCC, o francês Jean Jouzel, alertou que, devido à exigência de consenso, as conclusões «correm o risco de subestimar as mudanças climáticas, mais do que de exagerá-las».
    Os trabalhos do IPCC, criado em 1988, levaram à adopção da Convenção sobre as Alterações Climáticas em 1992 e, cinco anos depois, ao Protocolo de Quioto sobre a redução da emissão de dióxido de carbono (CO2) e outros gases causadores do efeito estufa.
    FONTE: http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?section_id=114&id_news=260449

    Curtir

  3. o livro que gerou o documentário é bárbaro. Aliás, quando o Al Gore era vice presidente do Clinton, havia uma forte campanha para desmoralizá-lo. Fazer parecer que ele era um idiota. Hoje eu entendo o motivo. O cara era “perigoso” para a manutenção do american way of life’, até para os democratas. Se ele se candidatasse hoje, talvez tivesse um apoio inédito da população jovem. Al Gore faz um trabalho importantíssimo, ele é dono de um canal de TV cuja principal finalidade é transmitir documentários educativos e alertar as pessoas para a verdade que não é divulgada. Quer saber mais? A vida dele mudou depois que ele quase perdeu o filho de 6 anos em um acidente de carro. Repensou tudo e, segundo suas palavras, passou a dar importância para o que realmente importa: a vida!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s