Para quem estiver em Goiania e Brasília nesse finde…

O Roger é do Bem...
Meu amigo Roger vai falar sobre o empolgante tema Tema Universalismo Crístico – A Religião da Nova Era na região Centro Oeste neste fim de semana. Seguramente a palestra vai ser muito importante. Quem puder compareça!
O Roger já prometeu estar presente num Encontro Trancendental, de nossa Egrégora do Bem. Estamos contando os minutos!!!
Palestras de Roger Bottini Paranhos
Dias 28 (às 19:30) e 29 (às 17:30) de abril de 2007, na Irradiação Espírita Cristã, no endereço: Rua 201, N° 232, Vila Nova. Goiânia/ GO. Tel: (62) 3224-2133. Site: www.irradiacaoespirita.com.br
Dia 30 de abril de 2007 as 20 horas em Brasilia, na Comunhão Espírita de Brasilia. www.comunhaoespirita.org.br.
Para mais informações: palestraroger@gmail.com

Deu no PSYRS

A Comunidade PSYRS do ORKUT publicou um breve “resumee” meu, no tópico sobre a festa WFC. Confira abaixo:
RUBISCHILL (pronuncia-se Rúbisxíu)
É o nome do projeto de chill out do músico e engenheiro naval paulista Vicente Rubino, o popular Rubis do site MondoVR.com.
Rubis é um dos pioneiros a unir a música com o computador. Em 1988 adquiriu o seu computador (um Atari ST com o software Notator, que Rubis mantem como relíquia até hoje), e no seu estúdio Midi Midia passou a produzir as bandas de pop rock mais legais da cidade. Em 1992 co-produziu com o Edu K o disco do DeFalla KINGOZBULLSHITBACKINFULLEFFECT, que foi altamente elogiado pela crítica nacional e ganhou da Revista Bizz o prêmio de Melhor Álbum do Brasil. Tocou teclados e baterias eletrônicas com o DeFalla no HollyWood Rock Festival, ao lado de nomes como Nirvana e Red Hot Chilly Peppers, no Estádio do Morumbi (SP) e na Praça da Apoteose (RJ).
Rubis participou do grupo de “computer music” do Departamento de Informática da UFRGS, tendo cursado Redes Neurais e Inteligência Artificial no nível de pós-graduação, como aluno convidado.
Na segunda metade da deçada de 90, Rubis integrou as bandas de música eletrônica Hexa (produzida por Dudu Marote) e AdVenture (com a vocalista Marion Velasco). O AdVenture participou de festivais de música alternativa em São Paulo e Campinas, e emplacou o sucesso “Renew” na FM paulistana Nova FM, além de rádios daqui de Porto Alegre.
Rubis teve o primeiro contato com a cena Psytrance RS no Garapiá 2005, já se apresentando ao vivo no Chill Out. De lá para cá Rubis tocou em dezenas de festas, entre elas festas como a Claro SubVisions, as PsyWalkers, as PsyPrivates, entre várias, várias outras…
Em suas apresentações, Rubis se utiliza de um notebook rodando o software Ableton Live, além de teclados, baterias eletrônicas e instrumentos de corda, como guitarras e violões.
Além do projeto RUBISCHILL, de música mais experimental, Rubis também se dedica na produção de um projeto de psytrance progressivo denominado TROODON, que estreiou no Garapiá 2006 e também já se apresentou em várias festas, entre elas a EarthDance 2006 em Porto Alegre.

Baile do Fim de Semana


Eu vou tocar nessa festa!!! Clique para mais infos..

Com a participação ao vivo desse que vos tecla, RubisChill

Presentes

Aninha, Lú Rosa & Rubis - foto by Calliari
Nós escolhemos estar Presentes. Conectados com a Mãe Terra. Iluminados pelo Divino Sol.
Nós escolhemos um Mundo Belo, cheio de Amor! Escolhemos ter Fé!!! Escolhemos Ir Além…
Nós escolhemos consagrar esse Poder. Escolhemos Meditar. Ouvir o Silêncio do cálice vazio de nossas Mentes.
Nós escolhemos agora dar mais um passo. Mais um passo…


“Não estou entre vós para me distrair vendo-vos reconstruir o que cedeu, curar o que está doente, edificar sobre as ruínas de um tempo que já desejais esquecer ou que dele desejais fugir, ou, por outro lado, levantar obras carregadas de contestação, de medo ou de vaidade. Estou entre vós para que EU vos veja INVENTAR (conceber) um lugar onde vossas ALMAS querem de fato VIVER e depois levantar suas paredes nas montanhas, em sítios onde o que passou jamais teve alicerce”.
Adrimon

I WANT TO BELIEVE

Saudades do Arquivo X...
[foto tirada agora de manhã, na Av. Ipiranga]
I Want to Believe: Eu Quero Acreditar…
Acho que por isso o Fox Mulder nunca conseguiu provar nada sobre os “homenzinhos verdes”… O cara “queria” acreditar, ao invés de simplesmente “acreditar”.
Acreditar é verbo intransitivo. Como o verbo Amar. A gente ama e pronto. E a gente acredita e ponto final.
Não existem margens de expeculações na Fé. I BELIEVE !!!

O que você pensa sobre o que os outros pensam

Interesse é prioridade.
Eu não estou interessado em saber o que você pensa sobre o que os outros pensam. Estou interessado em saber o que você pensa.
Não quero dizer que eu não goste ou que eu seja contrário sobre o que você pensa sobre o que os outros pensam. Talvez eu até tome conhecimento sobre isso. Mas não é o tipo de informação que eu priorize. Minha prioridade é com a troca de idéias. As minhas e as suas idéias.
Por isso, não re-encaminhem cópias de emails, principalmente aqueles PowerPoint, que sempre tem algo bonitinho ou alguma lição de moral, sem ao menos colocar um comentário. Se eu recebo um email desses e o emissor não expõe sua opinião junto, entendo que ele concorda com aquele ponto de vista. Só que o ponto de vista não é dele…
Eventualmente eu também re-encaminho e-mails… Mas a maior parte dos e-mails que envio são de minha autoria e expressam o meu entendimento daquilo que me cerca.
Eu estou interessado em saber o que você pensa disso.

O que fazer para uma gota d’água não secar?

...pequenas as gotas de chuva... mas juntas formando regatos, dão força aos rios, para o oceano encontrar...
Devolva-a ao Oceano…
E assim somos nós, quando distanciados de nosso Eu Interior, de nossa Essência, de nossa Verdade… Quando distanciados do Ser… Secamos.

Exposição de Psy Art

[Fotos by Rubis]

Domingão Psyzeiro

clics do mondovr
[fotos by Rubis, Frã & Rayar – click to see]

O Concreto já rachou!

crassshhhh...
Desabamento de marquise hoje de manhã.
Não matou nenhum padre, nem causou chagas, mas foi aqui na Padre Chagas…
bummmm... cabrummm