Barreiras

risco de tropeços...
Parece que quanto mais evoluímos, mais levantamos barreiras que dificultam a evolução. A energia, ao invés de fluir mais livremente com o desenvolver do meio que nos cerca, ao contrário, se interrompe mais e mais. Então começamos a perceber que essa idéia de “evolução” que temos do mundo que nos cerca nada mais é do que ilusão.
Um exemplo simples, mais ilustrativo é o que acontece com o meu notebook. Idealizada para ser uma ferramenta que traria a agilidade e a liberdade de criação para o homem, a informática sucumbe em meio a vírus, spams e outras pragas. Depois de instalar a atualização de meu antivirús, meu Vaio-Racha ficou lentissimo! Ou seja, você tem um computador para fazer as coisas mais eficazmente, mas por causa da má intenção alheia você tem que instalar um antivírus, que prejudica a finalidade da tua máquina.
O mesmo acontece com a Internet, outra idéia libertadora que sucumbe em meio a essa praga. Estamos vendo agora “empresas” quererem te adicionar como amigo no orkut. Será que é para te mandar um scrap de vez em quando perguntando como você está? Claro que não, é para mandar propaganda (como sempre, não solicitada). Além disso, uma forma de comunicação muito importante que era o email praticamente morreu perante o spam. É a evolução dando passos para trás, mais uma vez.
No objeto automóvel, temos uma grande fonte desse tipo de situação. Uma máquina que serviria para te locomover “livremente”, é taxada em todos os aspectos possíveis (não existe nada mais absurdo do que o IPVA ou IPTU…). Radares espreitam você em descidas, só para te flagar a mais de 60 km por hora. Flanelinhas estragam teu carro por se recusares de contribuir com a extorsão por eles promovida.
Esses pequenos aspectos materiais são apenas ilustrativos, mais ainda são muito pequenos perto das barreiras internas que levantamos dentro de nosso Ser. Essas são as que mais dificultam a Evolução.
Todas essas barreiras se resumem na falta de Amor. A falta de Amor gera as Leis, e com as leis vem o Julgamento. O Juízo que se tem do outro é uma das barreiras mais intransponíveis que pode se criar. Então queremos uma sociedade justa, queremos Paz, queremos progresso, e para isso ser obtido pensamos que a solução é segregar tudo aquilo que nos é diferente e tudo aquilo que nos choca.
Todo sentimento e toda intenção que poderia ser libertadora, é de pronto sufocada por um demônio verde de olhos vermelhos (que habita o íntimo cada um) e que sabota a retidão de teu caminho, propondo curvas e barreiras desnecessárias.
Você pode correr essa prova de 100 metros com barreiras e chegar até o final. Mas não se esqueça que correr os 100 metros livres é menos cansativo e muito mais rápido de se chegar. Abra os olhos para dentro e saia dessa ilusão que está aí fora.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s