Estica um dedo…

Hoje eu nem abri meu GMail… Ahahahah… Mas resolvi escrever esse artigo…
Dedo Mole e resto, idem...
O “Cara” tá lá. Pronto. Com o braço, mão e dedo, todo esticado… Se esticando todo… Quase caindo da núvem…
E a gente? A gente tá aqui… No ócio.. Deitadão. Tudo (mas tudo mesmo) mole… Devagaaar…
Dá uma preguiça esticar um dedo, né?
Mas o contato só depende disso. Depende de nós. Depende de nos esticarmos. E não é muito não o que Ele pede.
Estica um dedo…

O Tempo vai fechar….

Hot Hot Hot
O ciclo de tempestades solares que causam problemas nas comunicações na Terra e põem em perigo os astronautas começará provavelmente em março do ano que vem e terá seu apogeu entre o final de 2011 e meados de 2012. A informação foi divulgada nesta quinta-feira pelo Centro de Ambiente Espacial da Administração Nacional Oceânica e Atmosférica (NOAA).
Segundo a NOAA, o começo do “Ciclo 24” de tormentas – que dura cerca de 11 anos – ocorrerá um ano antes do previsto. As tormentas, que se caracterizam por gigantescas erupções na coroa do Sol, disparam fótons e matéria com carga elétrica até a ionosfera e os campos magnéticos da Terra.
Essas tempestades provocam interrupções e interferências nas comunicações, sistema de distribuição de energia elétrica, satélites e sinais do Sistema de Posicionamento Global (GPS). Essas tormentas, que iluminam o céu à noite com auroras boreais e austrais, também são uma ameaça aos astronautas.
(fonte: Terra)
Só aos astronautas? Ah ah ah… Putz…

3

montagem by http://blogdos0mbr4.blogspot.com/
“Subliminar” é aquela mensagem que age sem que você perceba. É uma mensagem sutil, algo aparentemente sem importância e sem sentido, que passa como um relâmpago diante de nossos olhos e de nossas mentes, sem dizer muito claramente a que veio, mas que vai deixando seu rastro e sua marca lá no fundo, em nosso inconsciente… e vai se solidificando dentro de ti, e de repente, você pensa que aquela “idéia” ou “opinião” é apenas sua, que você é que achou que deveria ser daquele jeito.
Colocar mensagens subliminares em propagandas é uma das formas mais baixas que se pode fazer dentro de algo já baixíssimo que é a publicidade.
A partir de agora, você começará a ver em propagandas do Governo, das Estatais e outras, algo meio sem sentido, sem nexo, que não se liga nem ao antes nem ao depois, falando vagamente sobre ” decida pelo 3 “, “escolha o 3”, “prefira o 3”, “adote o 3”, “siga o 3” . . .
E já começou, através do Banco do Brasil com a campanha do “Decida pelo 3”, que seria algo destinado à Sustentabilidade no Planeta, mas que na verdade é uma mensagem subliminar para a terceira re-eleição do Lula.
A propaganda do BB sobre a Sustentabilidade seria boa, se não vinculasse o “Decida pelo 3” em seu conteúdo. Porque não apenas 1, ou 2, ou 4 atitudes diárias? Também acho sempre suspeito uma campanha para o bem do planeta vinda de um dos motores que sustentam o
Sistema, que é o Mercado Financeiro. Banco quer lucro.
A propaganda peca também por “esconder quem decidiu”. No video da campanha diz-se várias vezes: “Decidiu-se por…”. Acho que essa frase não tem um sujeito oculto como foi colocado. Faltou dizer que “Ele”, O Deus, O Criador, enfim…. decidiu! Não dá para se negar!
Tudo isso pode ser uma bobagem, e você pode estar pensando que eu estou vendo coisas onde elas não existem. De qualquer modo, é importante estar atento.
1 não foi bom, 2 tá horrível e 3 nem pensar…
VT da Campanha:

Google Sky

Ao Infinito e Além...
[clique para ir até Andrômeda]
E o Google, não satisfeito com o seu plano de dominação “mondial”, resolveu agora “ir além”…
A nova versão do Google Earth agora também navega pelas estrelas.
Que bom! Nunca mais vou me perder em minhas viagens pelo Astral! Vamos Além! Ao Infinito e Além!!!

Rubis Live mais “In”…

Rubis Indú: to indo...
E estão se aproximando as datas das próximas apresentações de Rubis nos “chill outs” da vida…
Como eu só tenho tocado em “poucas e boas”, estão confirmadas para Setembro as datas do Festival Indepen.dance no feriadão do dia 07 e a data da EarthDance, no dia 15.
Meu som agora está um pouco mais “in“… indiano! Estou usando loops da Índia, com tablas, além das costumeiras cítaras e outros barulhinhos legais que os yóguis como eu sabem fazer.
E em cima dessa “cama sonora” indiana, muitos solos mediúnicos no meu novo Rubistick… Aguardem e vejam a performance…

Os Silvas

Os Silvas são uma família comum. Moram numa cidade comum. Tem ambições comuns. Problemas comuns aos nossos problemas.
Os Silvas moram numa cidade que também tem problemas de convívio com a Natureza. Eles até que não gostam da poluição, mas indiretamente ajudam a catástrofe se instalar.
Os Silvas, como muitos, vão mecanicamente na Igreja. Um Silva, como poucos, recebe uma mensagem do Astral Superior. A mensagem diz que “é chegado o fim dos tempos”.
Mas como de costume, ninguém ouve esse Silva. E o pior, outro Silva, bem obsediado pelo sistema, num ato egóico, polui o lago e assim se desencadeia o Apocalipse canalizado previamente.
Como não dá mais para ficar lá, os Silvas resolvem fugir. Danem-se as pessoas, dane-se a cidade, dane-se, dane-se!
Porém, num momento de solidão, a introspecção desabrocha a semente que habita o fundo da alma “silvesca”. “Quando o Neófito está preparado, o Mestre se apresenta”. Assim, o Silva egóico e poluidor encontra-se com uma Xamã. Ela dá uma bebida sagrada de seus ancestrais, um enteógeno para ele beber.
Numa miração, o seu ego se dissolve, e ele vê que na verdade, tudo é interligado, que sua cidade é a natureza e que os seus vizinhos desafetos estão relacionados com ele mesmo. Que ele não é ninguém sem os seus “irmãos”.
Assim, Silva e a sua Família resolvem voltar, e acordados, resolvem lutar e reconstruir o seu mundo.


Bem, na verdade, tudo isso que escrevi acima é o roteiro do filme Os Simpsons, que está em cartaz nos cinemas. Os Silvas que me referi, na verdade são os Simpsons.
Mas poderiam ser Os Rubinos, Os Gomes, Os Rosas, Os Cavalcantis, enfim, poderiam ser qualquer um de nós.
E quem sabe possamos também acordar e lutar pelo mesmo Final Feliz.

Hipermanente…


[by http://www.martin-klimas.de]