26 coisas do “Alto”

Continuando a mini-série “26 Coisas”, agora chegou a vez da viagem de Alto Paraíso…
01- Morro da Baleia
02- Jardim de Maitreya
03- Cachoeiras
04- Cristais furtados da Mãe Terra
05- Tom das Ervas
06- Rodrigo
07- Sorvete com calda de flores
08- Luzes Verdes Estranhíssimas
09- Planalto
10- Chapadas
11- Vale da Lua
12- Céu da Baleia
13- Santa Maria
14- Comida Viva
15- Rodrigo (outro) & Family
16- Banho no rio
17- Esperanto
18- Agrofloresta
19- Violãozinho
20- Oca Lila
21- Novos Hinos
22- Flores diferentes
23- Pic nic na Grande Árvore
24- Amaflor
25- Racila
26- Futuro

Anúncios

Nota de repúdio às notícias veiculadas pelas Revistas Veja e IstoÉ sobre a Ayahuasca

A imprensa brasileira através de tv, jornais, e revistas vem veiculando matérias preconceituosas e difamatórias contra o Santo Daime.
Afirmações que o chá é alucinógeno, ou compará-lo a drogas, mostram uma TOTAL desinformação quanto à natureza e à origem dessa bebida e dessa Religião brasileira.
Transcrevo abaixo a Matéria do site www.neip.info que representa o meu ponto de vista e de muita gente bem informada também.
Você é quem decide: se você é um “papagaio” e apenas repete uma notícia sem fundamento, como a maior parte das pessoas faz, ou se você é um beija-flor, e consagra o amor e o sagrado, sem fazer mal nem a uma flor. Expandir a consciência é ter o conhecimento. Repúdio ao “correio da má notícia”. Repúdio ao preconceito e desinformação!


Nós, pesquisadores do Núcleo de Estudos Interdisciplinares sobre Psicoativos – NEIP (www.neip.info), com apoio dos abaixo-assinados, manifestamos nosso repúdio ao recente processo de desqualificação das religiões ayahuasqueiras brasileiras – em suas múltiplas tradições e vertentes -, que tem se dado através da veiculação de matérias obscurantistas e indutoras de juízos equivocados e preconceituosos. Referimo-nos à nota “Liberado” da Revista Veja (ed. 2150, 3/02/2010, não assinada) e à matéria “As Encruzilhadas do Daime” da Revista Isto É (ed. 2100, 5/02/2010, de Hélio Gomes). Reafirmamos:
– O direito à liberdade religiosa e ao pluralismo religioso estão previstos na Constituição Federal do Brasil;
– Estas religiões – o Santo Daime, a Barquinha e a União do Vegetal -, que nasceram no norte do país a partir da década de 30 do século passado, e depois se expandiram e se diversificaram em variadas manifestações nos centros urbanos, constituem legítima expressão cultural e religiosa;
– Assim como outras práticas religiosas foram perseguidas no passado, como é o caso das religiões de origem africana, estes grupos têm sido sistematicamente perseguidos. É nosso dever combater a estigmatização das minorias religiosas;
– O processo de regulamentação do uso da ayahuasca no Brasil é produto de um diálogo de mais de 25 anos entre governo, religiosos e estudiosos. A Resolução N. 1 do CONAD (Conselho Nacional de Políticas sobre Drogas), de 25 de janeiro de 2010, reflete este processo;
– O modelo que o Brasil encontrou de lidar com este assunto polêmico é de certa forma pioneiro, tendo influenciado a legislação de vários países no mundo;
– Não há evidências científicas nem empíricas de que o uso de ayahuasca por gestantes e crianças seja perigoso. Os direitos de ambos de participarem dos rituais estão garantidos desde a Resolução N. 5 do CONAD, de 4 de novembro de 2004, e devem ser salvaguardados;
– Não há evidências científicas nem empíricas de que a ayahuasca cause dependência, muito menos de que seu consumo leve à morte;
– O consumo de substâncias psicoativas faz parte da história humana. Devemos abandonar o modelo de debate público que se reduz a demonizá-lo;
– O debate sobre o importante tema das religiões ayahuasqueiras deve ser ético, respeitar os princípios constitucionais, considerar o conhecimento já acumulado e não substituir a tolerância dialógica por preconceitos, acusações, estigmas e sensacionalismo.

Leia mais »

Altíssimo Paraíso

Cachoeira Loqinhas
Nesta semana de carnaval “botei meu bloco” no Planalto Central e fui me re-energizar nas cachoeiras e nos cristais de Alto Paraíso de Goiás e suas Chapadas.
Muitas vivências que causaram novos aprendizados a serem compartilhados com os leitores do MondoVR. Esperem grandes insigths por aqui nas próximas semanas.
Por enquanto fiquem com as fotos que eu botei no Flickr.

Mais um Portal

Com os mestres
De novo o magnífico cósmico se manisfesta: sinto que adentrei um novo portal. Quando escrevo “sinto” aqui, não quer dizer que “talvez” esteja acontecendo isso: “Sinto” significa sentir e isso para mim é a certeza. O que eu sinto é o real.
Muitas características denotam um Portal. Estar na Natureza, participar de um festival, (re)encontrar amigos, sentir-se simplesmente zen, bem; e ter a convicção que algo maior se opera, girando a mágica universal do sincronismo, que os descrentes chamam de “coincidência”.
Vamos Agradecer... O Portal começou dia 30, quando dirigi o Trabalho de Concentração no CHAVE. Meu primeiro trabalho espiritual como dirigente. Um 11:11 se operou durante o horário de concentração, que começou às 10:11 da noite para ser concluído no horário das 11:11 hs da noite. Não posso afirmar qual mágica se operou, só senti que fui o instrumento para ela se manifestar.
Na semana que se veio foi marcada pelo calor, numa temperatura nunca antes sentida. Porto Alegre foi declarado naquela semana como o lugar mais quente do planeta. O calor acelerou o processo do Portal. Calor intenso no Sul, tempestades e nevascas no Norte, tremores de terra por todo o Globo. Tempos de apuração.
E chega o dia do Festival Outro Mundo. Faço meu som ao vivo, livre, e inovador em termos de equipamento (MacBook e 2 Iphones). Colagens de preleções espirituais e hinos da ayahuasca. Remix de Chico Buarque para finalizar.
Aprendi no Portal a ter a firmeza para ser assertivo no “Não” e recusei viajar a trabalho para onde não queria.
Chega quarta-feira, e com ela mais um Trabalho Espiritual, desta vez com o Pad. Chiquinho Corrente. Tio Chico é um especialista em agrofloresta e um grande líder esperitual. Caboclo da Floresta Amazônica, segundo ele próprio “sem muito conhecimento, mas com grande vivência”. Uma maravilha poder compartilhar o Agora com ele e aprender mais um bocadinho.
E hoje, quinta-feira, foi o dia “La Belle Verte”. Quem viu o filme entenderá a comparação:
Eu, Lú, Fábio, Brisa e Cris desfrutamos a natureza, a harmonia, mesa farta e a paz em sua essência.
Cura
Todo esse Portal que desfruto é o propulsor para um novo nível, uma nova etapa. Estamos viajando em breve para o Paraíso, o Alto Paraíso de Goiás. Vamos recarregar nossas baterias com a energia limpa dos cristais e das cachoeiras.
Tudo é impermanente, exceto o “Caminho”, a única coisa permanente: sempre estamos caminhando.
Vamos Além, mais uma vez! Viva o Portal !!!

Clicks da semana!

Turbinando
Turbinando…
Haja saco!
Haja saco!!!
Chegando em Porto Alegre
Coisa Linda: Porto Alegre / Ponte Móvel
Coisa feia
Coisa Feia: São Paulo e sua poluição. (não sei quem é o autor)
Gergelim
Gergelim é bom!
Com os mestres
Rubino e os Mestres
Snow
Sméagol? Não! SnowCat!

Forno Alegre

photo

O assunto é reincidente aqui no MondoVr nesses tempos de verão, mas dessa vez foi um calor exagerado.
Forno AlegreEu sei que a onda de calor abafou o Brasil inteiro e todos acham que na sua cidade foi o lugar que estava mais quente…. só que nessa semana Porto Alegre foi declarada pelo site AccuWeather como o lugar mais quente da Terra!!! Dá para imaginar?
Um calor contínuo na faixa de 37 a 40 graus, na sombra. De noite não baixava de 30, dificultando o sono. Sensação de contínuo mal-estar. Nem tive disposição de cortar a grama.
Ainda está quente. Escrevo da varanda, sob 37 graus… E ainda tinha gente que duvidava do aquecimento global… ai ai ai…
Varanda