Vivência com Florais da Amazônia !!!

isabel_web-300x225.jpg
IMPERDÍVEL !!! Neste sábado, dia 15/04 (das 09 às 17 hs), Isabel Barsé vai estar em Porto Alegre conduzindo uma incrivel Vivência com os Florais da Amazônia.
A Vivência se desenvolve em 5 momentos:

  • Abertura – Saudação das 7 direções,
  • Purificação
  • Sintonia
  • Expressão pela arte
  • Conclusão – Estudo das Flores

Durante a vivencia são ministradas as tinturas dos florais, juntamente com exercicios respiratórios, meditações, trabalho com chacras e arte.
É uma experiência de auto-conhecimento e auto-cura através da sintonia com a Natureza e os Florais da Amazonia.
Valor do evento: R$ 50,00
Trazer sucos e alimentos para compartilhar!
Interessados entrem em contato através do e-mail direto@gmail.com
VAGAS LIMITADAS!!!


RETORNANDO À ORIGEM COM OS FLORAIS DA AMAZÔNIA
Para os observadores do tempo, não resta dúvida que a Nova Era está trazendo uma exaltação dos aspectos femininos que vêm se refletindo não só nas conquistas da mulher em todos seus campos de ação, mas também na valorização crescente da sensibilidade, da intuição, do receptivo, enfim, de tudo aquilo que antes era um campo especificamente feminino, está penetrando os domínios do masculino, resultando num equilíbrio necessário para a unidade futura. Este tem sido um processo coletivo e pode-se dizer até mesmo natural, pois vem surgindo do íntimo das pessoas, motivo pelo qual torna-se contundente na vida prática, influenciando cada vez mais os padrões de comportamento. Uma das mais importantes manifestações do feminino que é a Natureza, que em seu aspecto mãe, tem suprido as necessidades básicas da humanidade, e por mais que se veja ultrajada pelos filhos, continua provendo-lhes tudo que necessitam para continuar existindo.
Nos tempos modernos, o afastamento do homem do convívio direto com a Natureza, criou um desequilíbrio profundo que se reflete em todos seus campos de ação. As ciências evoluíram criando tecnologias avançadas para suprir novas necessidades criadas pela vida urbana, à qual o homem adapta-se se tornando alvo de agressão em todos os níveis de sua sensibilidade, desde o nascimento. E no momento em que o homem desenvolve as mais avançadas tecnologias, que em parte o fazem evoluir e em parte o destroem, a Natureza suavemente mostra sua face mais sutil e feminina: as essências florais.
Elaboradas a partir de técnicas extremamente simples, o requisito básico para se trabalhar com elas é a intuição, a sensibilidade e um propósito voltado para o bem comum. Trabalhar com as forças da Natureza não é com apertar botões, ou resolver fórmulas matemáticas. Não que isso não possa fazer parte da Natureza, entretanto as fórmulas dos florais exigem a participação de um coração aberto e ativo no amor, no respeito e na busca de uma harmonização consciente e efetiva para a vida prática, que possa realmente resultar em cura. A Amazônia ainda é um campo de estudos, um verdadeiro laboratório natural, onde podemos nos estender não só pela pesquisa científica, mas também pela sensibilidade, a um mundo literalmente encantado, onde as correntes de energia obedecem aos impulsos mais primitivos da força criadora. Esse ímpeto de forças oriundas está presente nas essências das flores amazônicas e através dele se torna possível despertar essa mesma força original no interior das pessoas e reequilibrar não só no nosso campo energético, mas também dos animais, vegetais, ambientais etc…
As essências florais já têm mudado a vida de muita gente, e a cada dia estão trazendo do seio da Natureza, as respostas que muitos não tem encontrado nos remedos alopatas, nos analistas, ou em outras correntes de cura. Com o surgimento das escolas holísticas e de centenas de técnicas alternativas, abriram-se as possibilidades de contatos com níveis internos e as causas profundas dos desequilíbrios e doenças já podem ser conectadas e tratadas.
Os Florais da Amazônia hoje estão trazendo para os grandes centros, as energias vibracionais da floresta, deste mundo de infinitos seres que se transformam permanentemente, adaptando-se às mais variadas situações para garantir a sobrevivência e o equilíbrio das forças naturais. Através dessas essências tem sido possível reeducar os níveis internos, conectando-os com os com os elos perdidos, dissolvendo as manchas áuricas, eliminando as energias densas acumuladas nos corpos físicos e sutis, e dessa forma abrindo espaço para que o ser interno de cada um possa realmente expressar-se e viver integralmente a experiência humana.
Essa experiência tão maravilhosa que é a vida do espírito encarnado, a comunhão com nossa verdadeira natureza interna, que é o que pode nos manter em harmonia com tudo o que nos rodeia. O profundo ímpeto da libertação da Natureza vem nos ensinando constantemente o valor da beleza, do equilíbrio, da necessidade de nos expressarmos verdadeiramente como somos, respeitando a expressão de todos os seres que nos rodeiam, e com isso encontrar a solução de tantos desequilíbrios criados pelo homem que se afastou da Natureza e consequentemente de si mesmo. Esse resgate, que já vem ocorrendo de forma mais incisiva nos últimos anos, possui uma onda de abrangência progressiva, pois cada pessoa que resgata seu ser interno e consegue expressa-lo, influencia todo seu meio, refletindo-se em novas posturas diante da vida, novas soluções, novas conquistas, basicamente relacionadas com uma abertura na sensibilidade, uma valorização dos aspectos sutis que vão se transformar em melhores condições de vida para todos.
As flores da Amazônia estão frequentando os consultórios de muitos terapeutas nas grandes cidades e frequentemente nos chegam relatos emocionais de pacientes e terapeutas. Esses retornos de casos de cura surpreendentes não só de problemas de ordem emocional e psíquica, mas também de doenças físicas, nos mostra o quanto de trabalho ainda temos pela frente para atingirmos o objetivo principal, que não vem de nós, mas da própria floresta: o homem reconquistar o seu lugar na criação divina e receber a herança que cabe a um verdadeiro filho de Deus, que é toda a humanidade. Sabemos que esse movimento não parte somente do coração da Natureza, mas palpita no interior de todas as criaturas, e do próprio planeta, uma vez que essa reconquista é que pode transformar o sofrimento que nos rodeia e conhecimento vivido e dele nascer uma nova humanidade, um novo mundo de fraternidade, de paz e de harmonia, com o qual todos sonhamos.
Isabel Barsé

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s