Ego Grande

O Ego é aquilo que nos afasta da Unidade. O Ego nos afasta da Unidade por que ele nos prende dentro de nós mesmos e assim cria muralhas que aparentemente querem nos defender, mas só fazem por nos separar.
Os objetivos do Ego são: ter a razão e chamar a atenção. Esse último objetivo do Ego, chamar a atenção pode se dar de duas maneiras: se fazendo de vitima da situação ou querendo dominar a situação.
Aquele que se vitima quer ser paparicado e mimado: usa assim uma falsa dor ou uma inexistente desvantagem para alcançar seu vil objetivo. Parece que essa técnica choca-se com o objetivo de chamar a atenção, mas é uma forma de controle para ser o centro e para que todos falem, olhem e pensem nele.
O domínio da situação, a outra maneira de chamar a atenção, limita-se a uma tática simples: falar, falar, falar e nunca ouvir. Dominar a situação, para estes, consiste em roubar a atenção de todos no ambiente, sempre contando um fato “que só ele sabe” ou que “aconteceu com ele”, ou que “ele sabe”, “ele isso” ou “ele aquilo”… Falar muito o pronome “Eu” é o sintoma mais agudo do egóico que quer chamar atenção pelo domínio da situação.
O domínio da situação também pode se dar pelo abuso do poder. Poder econômico corrompe os pobres de espírito e de grana mesmo. Poder de influência, como cargos e títulos também. O egóico gosta de ostentar essas coisas: títulos, propriedades, carrões… Todo poder ostentado é uma tentativa de dominar a situação. Conheces aquela situação de “sabes com quem estás falando?”… Pois é…
O outro objetivo do Ego, “ter a razão”, também tem suas premissas. Ao Ego não basta ser centro, quer ser centro por ser o maior e melhor. Por isso a defesa da razão é tão importante: o consenso, a humildade e o perdão são encarados como fraqueza, justamente o contrário de sua verdadeira essência. O junco que se dobra à tempestade pode ser considerado mais forte do que o orgulhoso carvalho, que jaz ao chão pela petulância de não se curvar aos ventos. “Ter a razão” é justificar-se o tempo todo, mesmo quando confrontado ao injustificável. É ter todos os motivos, e nunca ser solidário ao contraditório. Aliás, para o Ego Grande, o contraditório é contrário, é ofensa.
Com o tempo, o Ego vai demonstrando que é um mau negócio. O castelo vai ruindo por fora, até colapsar por dentro.
O Egão não tem amigos: tem subordinados. Para todo dominador, existe aquele que é dominado. O dominado é o fraco, o submisso, o puxa-saco, aquele que é ainda menos desenvolvido do que o portador do Ego Grande e que agüenta conviver com este, apenas por um tempo, até que seus objetivos sejam satisfeitos e então a paga geralmente é com a traição. O cordeiro de antes transforma-se no lobo de amanhã. Por isso quem tem Ego Grande dificilmente tem Amigos com A maiúsculo. O afastamento da “Côrte” é o inicio da derrocada do Egão.
O colapso vem pelo arrependimento. Algo que seria um ato nobre, para o Ser Egóico é motivo de dor insana, pois para ele, mesmo com o reconhecimento dos próprios erros, não se consegue pedir o Perdão. E isso dói dentro, como dói. A mente ainda se debate para manter o insustentável, e o coração, coitado, que só sabe amar, e viveu todos esses anos contido numa camisa de força, enrigece de vez.
E aí estão as muralhas criadas pelo Ego, que nos aprisionam, não permitem o nosso desenvolvimento e por fim desabam sobre nós.
E agora me refiro como “nós”, no coletivo, por que todos carregamos esse entulho, em maior ou menor densidade.
Para trancendermos ao Ego em busca da unidade e nos libertarmos, devemos iniciar um processo de abertura e desconstrução dessas muralhas.
Mas isso já é tema de um artigo próximo.

Anúncios

Brilhantes Pedras Finas

O Pad. Alfredo abriu um novo Hinário chamado Nova Dimensão, com o recebimento do Hino Brilhantes Pedras Finas.
Eu amei o hino, que é uma pioneira marcha + valsa. Passei o Domingo fazendo a partitura e arranjo do mesmo.
Baixem o arquivo PDF no link abaixo:
Brilhante Pedras Finas – Rev.0.pdf
01. BRILHANTES PEDRAS FINAS
Ao Pai Eterno nunca deixo de pedir
Na minha Mãe eu nunca paro de falar
Jesus Cristo nosso guia eternamente
E me dá força para eu executar
Esta missão educação em nossa mente
Eternamente para todos nós cantar
Seguindo esta rosa de luz e calor
Que no meu jardim fez nascer esta flor
Essa flor que chega, divina esta flor
Jardim da infância
Jardim do amor
Vem das Estrelas o vigor desta missão
São nossos guias que vem para nos curar
Passando o visto
O Ser Divino Santo Daime
Nos traz o dom e o poder de transformar
Aqui na Terra de brilhantes pedras finas
O nosso mestre tem o poder de nos salvar
No jardim louvando a nossa Mãezinha
Que foi quem nos deu esta pedra fina
Este diamante de iluminação
Eleva o estudo, Nova Dimensão.