O Senhor é Hippie???

hippie

E um dia o frentista me questionou: “O senhor é hippie?”.

E ser hippie corresponde a uma época, um lugar, uma aparência, um comportamento?

E não ser hippie, ao que corresponderia? À normalidade? A que? Em que?

A atitude hippie começou no flower power de San Francisco nos idos de 60 e evoluiu para o psicodelismo Goa Trance da virada do milênio.

Hoje, o que é ser hippie? Não precisa de nenhuma definição, nenhum rótulo, nenhum julgamento de valor.

Somos hippies quando externamos nossa essência, que não é aquela das propagandas de margarina, nem naqueles estereótipos de salto alto do Shopping.

A essência não pode ser doutrinada.

E o Sr. Ou Sra… É HIPPIE?

(foto: Feira Orgânica de Alto Paraíso de Goiás)

 

Boogarins – Primeira (e última) audição do novo álbum 

Já tinha ouvido o primeiro álbuns deles entitulado As Plantas Que Curam, confesso estimulado mais pelo nome do álbum do que qualquer outra coisa, e não tinha ficado animado.

Pensei, talvez agora, nas mãos do Gordo Miranda, no selo da Skoll Music, vai melhorar. Mais nada.

Talvez para quem goste de Los Hermanos, os Boogarins  soem bem. Mas… o que ė essa mixagem? Eles usam um reverb tosco em tudo, vocal enterrado, e na esperança de serem psicodélicos, também subutilizam um delay chato. Eles mereciam um produtor que desse punch na parte instrumental e talvez corrigisse o vocal nhemnhem do vocalista. 

Banda chata, segundo disco chato. Chato. Deviam se chamar Pedranorins.

All or Nothing

image

Não é Tudo ou Nada.

É Tudo & Nada.

Vou voltar a escrever.

Vai renascendo a vontade de escrever minhas Vivências Intensas que Despertam Atitudes.

Vem brotando idéias novas que frutificam novos projetos.

Por algum tempo recluso fiquei. Maturei. Mas a essência ainda se faz presente, mesmo que num breve período de um passado recente (a essência) tenha se resignado num segundo plano, dando lugar a uma tentativa de cambiar o que não me dizia respeito.

A essência é essencial. Sinto agora um leve perfume de jasmim, e sei agora  que sempre ele estava lá.

Quem tá dentro, tá dentro. Quem tá fora, tá fora. Quem ocupava tempo & espaço, já saiu. Nada mais me surpreende?

Utopia Rosacruz

“Na Humanidade com que sonhamos:

Os políticos são profundamente humanistas e trabalham a serviço do bem comum.

Os economistas gerem as finanças dos Estados com discernimento e no interesse de todos,

Os sábios são espiritualistas e buscam sua inspiração no Livro da Natureza,

Os artistas são inspirados e expressam em suas obras a beleza e a pureza do Plano Divino,

Os médicos são motivados pelo amor ao próximo e cuidam tanto das almas quanto dos corpos,

Não há mais miséria nem pobreza, pois cada qual tem aquilo de que precisa para viver feliz,

O trabalho não é mais vivenciado como uma coerção, mas como uma fonte do desabrochar e de bem-estar,

A natureza é considerada como o mais belo dos templos e os animais como nossos irmãos em via de evolução,

Há um Governo mundial, formado pelos dirigentes de todas as nações, trabalhando no interesse de toda a Humanidade,

A espiritualidade é um ideal e um modo de vida que têm sua fonte numa Religião universal, baseada mais no conhecimento das leis divinas do que na crença em Deus,

As relações humanas são fundadas no amor, na amizade e na fraternidade, de modo que o mundo inteiro vive em paz e harmonia.

Assim Seja!”

Saudações Universais!

Paz Profunda

AHO!