Helenão

helenao

Como é bom começar a semana trabalhando, produzindo conteúdo, prospectando, lendo artigos técnicos de seu interesse e dando uma rápida conferida na rede social para ver como andam seu conhecidos e seus desconhecidos… Mas, opa…Pera lá!!! Mais uma onda avassaladora de hashtags políticos!

Fiquei curioso e fui ver do se tratava: #helenão ? Seria umx canditadx LGBXYZ?

É muito mais importante afirmar o que se quer e não o que não se quer. Para ilustrar essa verdade, peço para o leitor, neste momento, respirar fundo e… NÃO pensar em TANQUE DE GUERRA. Fiz-me claro pelo exemplo? A mente não entende o NÃO. Você diz, NÃO pense em algo e é justamente nesse algo que a mente sintoniza.

Com esse embasamento, prosseguimos com a Ditadura de Grupo, que é o famoso “Maria vai com as outras”. Você se torna gado quando age como a manada. O exemplo é a torcida de futebol: você não passaria sozinho gritando palavrões em uma rua residencial se estivesse indo sozinho para o estádio, mas, dentro de um ônibus de torcida organizada, isso passa a ser o ato mais normal do (seu) mundo. Caetano publica a hashtag coloridinha e todo mundo copia…

E como não agir na negatividade (que a mente não entende) e como não ter vida de gado (na onda que assola os hashtags dominados por robôs cibernéticos programados em php e regados com malas de dinheiros que vêm da Guiné Ditadorial, ops, digo Equatorial…)???

Manisfestando a SUA opinião. Afirmando em quem VOCÊ vai votar e o por quê. Quero muito saber o candidato das pessoas que sobem o hashtag do Helenão. Aí sim!

Essa campanha do “NÃO VOTE NESSE” também indica o medo e o desespero de uma vitória no primeiro turno. É antidemocrática, intimidadora e covarde, por não afirmar o próprio voto e ainda por cima querer mandar no voto de outrém.

Bem, gastei 17 minutos nesse artigo. Agora vou voltar para o que estava fazendo antes de abrir essas redes sociais…

Anúncios