A bênção

Domingo de sol. Crianças brincando no condomínio… Cheiro de churras no ar… Decido ir ao bucólico centro da Vila Nova comprar algo para o almoço. Porém uma incrivel fila de caminhões buzinando em carreata atrasa meus planos… – O que é isso? – pensava eu… Nova greve dos Caminhoneiros?

Aos poucos, a fila ia andando, e havia um caminhão parado entre as faixas. Na boleia do caminhão, havia um homem, vestido com um lençol branco, com uma faixa dourada nos ombros. Ele se virou para mim e… Chuapttthhh… Mal deu tempo de virar a cabeça e o padre me deu um banho de água benta (assim espero que seja aquele líquido). Caiu bem dentro do olho. Ardeu. Será que se a água benta arder é sinônimo de azar ou coisa parecida? Cruz credo!

Então tranquilamente abri o resto do vidro, e já com o meu carro parado, interrompendo totalmente o trânsito, agora também no sentido contrário ao cortejo dos caminhões, pergunto ao sacerdote que dia festivo era hoje. – É o dia de São Cristóvão. Protetor dos Caminhoneiros.

Agradeci e segui pensando qual seria a relação que ligasse o santo aos Caminhoneiros. Deve sim haver uma justificativa interessante, mas eu não sei qual é.

Bem, foi isso. Estou benzido… abençoado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s