Criminosos

(praia de Pernambuco, essa semana)

Por muitos anos, como uma das minhas atribuições de Engenheiro Naval, fui vistoriador do cumprimento das regulamentações da MARPOL da IMO. É dessa perspectiva que teço os comentários abaixo.

A IMO é uma espécie de ONU do mar, onde os países signatários devem cumprir com uma série de exigências. Entre elas, estão as exigências para prevenção da poluição do mar pelos navios, a regulamentação MARPOL.

Lá está claro que em caso de acidente a embarcação deve comunicar imediatamente o ocorrido e iniciar medidas de mitigação do mesmo.

Não foi o que ocorreu. Então afirmo que foi algo criminoso e ilegal.

Agora, se confirmada a procedência do óleo como sendo da Venezuela (algo com provável, pois o óleo crú traz sua “assinatura genética” pela proporção dos hidrocarbonetos em sua composição) fica a suspeita : como esse óleo foi parar lá?

Pelo que eu saiba, o Brasil não compra petróleo da ditadura Maduro. Uma rápida googada mostra que ” há petroleiros com capacidade de 10 milhões de barris de petróleo parados na costa venezuelana, de acordo com a Kpler, que monitora as commodities, parados pelo embargo americano à Venezuela”.

Esse crime ambiental não tem cara de acidente. Quando é acidente, também é horrível, os responsáveis deveriam ser punidos, mas não é o que se vê por aí, tomando por exemplo as barragens de MG, os vários vazamentos da Petrobras e etc.

Mais uma vez: Como esse óleo foi CRIMINOSAMENTE parar lá?

Ao invés de reclamar do governo, me surpreende a postura de quem não vê o que expus nesse artigo e usa (mais uma vez) o crime para defender sua (im)posição política.

Estou indignado pelo crime ao meio ambiente, numa região que eu vivi e aprendi a amar. A Costa pernambucana é uma parte do meu Eu. A engenharia naval também.

Quero justiça. Infelizmente a reparação ambiental é impossível e conviveremos com essa mácula por décadas. Justiça é o artigo mais em falta nesse país atualmente. Porém, tenho Fé que Deus vai saber ajustar essa balança. Minha única esperança, alegria e paz.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s