Lua

Lua, tens sabedoria.
Me inspira a olhar
Minha vida,  noite e dia,
Num eterno oscilar.

Só oscila quem não sabe
Que ao ficar em seu lugar
A consciência se abre:
Não és esse oscilar.

Pois a noite e o dia
Para a Lua não destina
O que vem apresentar.

És o que se irradia:
Não apenas na retina
Fica o belo do luar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s