Protestantes

fb_img_1581259201327

DEMO-cracia

Estou abismado com o fosso eleitoral que se abriu nesse pleito para a presidência.
Fosso não, “fossa”: só tem sujeira da grande. Arrogância e mentiras de um lado, cinismo e mentiras do outro. O “nunca-antes-nesse-país’ versus o “eu-sou-do-bem”.
A campanha do ódio e do desamor está nas ruas. Isso é que é a “democracia”. A “demo”cracia. O sistema do demônio.
Porque o que está aí é a pregação da separação. O discurso do “vocês não prestam”. E nós sabemos que ambos polos tem razão.
Esse segundo turno ficou a pior coisa que já se apresentou no país nas últimas décadas. Culpa da classe política podre, que com os seus conchavos não foi capaz de apresentar nada melhor do que o Vampiro e a Madame Mim. Culpa do povo que não conseguiu eleger gente melhor antes, e agora ficou sem opção.
A Demo-cracia é a tirania dos 51% versus o “resto”. Isso não pode ser coisa boa! Mas é o que se apresenta, pois é o estágio no qual estamos. E sei que já foi pior…
A Monarquia era uma família versus o “resto”. E na tirania dos regimes autoritários é um contra o “resto”mesmo… Realmente já foi pior… Mas ainda não é a perfeição: A perfeição é o CONSENSO.
No CONSENSO todos participam, discutem e chegam num “mínimo múltiplo comum”. Então a decisão passa a ser unânime.
O Consenso não é apenas uma votação que só se ganha se todos levantarem a mão: é uma metodologia.
O Consenso ainda não é um caminho fácil, ainda mais nesse mundo desarmonioso de hoje. Mas quem disse que a estrada é curta e tranqüila?
Fico imaginado num governo de coalizão, onde cada parte positiva de cada partido assume as responsabilidades por uma parte da gestão do país, parte essa onde seus quadros tem expertise.
Fico imaginando um governo sem dossiês, sem corrupção, sem nepotismo. Sem ego.
O consenso, assim como outros pontos de meu Credo, faz parte da minha Utopia, e também é a utopia de alguns poucos outros.

A minha “Torcedora do Paraguay” predileta


[Paraguaia inrrustida, isso é o que a Chandra é!]
E no país só se fala numa coisa. No twitter só se tuíta sobre uma coisa: A Copa…
Como todos devem saber, eu não gosto da Copa. Acho que futebol é droga, pois vicia e faz mal. Acredito que os jogadores de futebol são mercenários e não estão defendendo a pátria, e sim o interesse de seus patrocinadores. Não gosto do tumulto dos dias de jogos.
Eu gosto é de Penaltis! Isso sim que é divertido. Adorei o jogo (?) do Japão vesus Paraguay. Acabou em penaltis. E um japa mandou a bola na trave! Ele disse: “Na tlávi não!!!” Quaaaa!!! Eu acho que o futebol deveria se resumir a cobrança de penaltis. No gol, o técnico de cada seleção e que deveria bater os penaltis seriam torcedores sorteados na arquibancada. Assim a Copa poderia ser decida em apenas um dia, e não teríamos a excressência dos jogadores mercenários em campo! Que maravilha!!!
Não gosto de nada que se relacione ao futebol, talvez exceto por algumas torcedoras do Paraguay…
Calma!!! Não me refiro à Larissa… Estou falando da Chandra Kandi!
Chandra Kandi, a Lhasa Apso de Ciudad del Leste, ainda torce por sua terra natal, o Paraguay. Ontem ela estava feliz! E até prometeu se tosar inteira se seu time for campeão!

#DiaSemGlobo

dunguinhq.jpg
No Twitter começou mais uma campanha de mobilização: agora contra a Rede Globo!
Tudo começou com o “Cala a Boca Galvão”, que era mais uma brincadeira contra o patético apresentador daquela emissora. Parece que teve uma treta entre o Dunga (não o anão da Branca de Neve, mas sim o técnico da seleção “Colarinho”) e a galera twiteira resolver começar essa campanha:
Nessa sexta-feira, não liguem a tv na Globo. Um “#DiaSemGlobo“…
Eu, que não tenho TV em casa e não gosto de futebol, estou amando essa iniciativa!
Ela prova o que eu sempre preconizava: o Twitter é a nova mídia, e é um passo na direção da telepatia global.
Vamos derrubando o velho sistema: com tecnologia e com a natureza!

Arquivo X – Segunda Temporada

O DVD 2 da Segunda Temporada do Arquivo X é o máximo!
Os dois primeiros episódios são contíguos, numa sequência incrível: DUANE BARRY e A ASCENSÃO. Mulder não consegue evitar o rapto e a posterior abdução de sua parceira Scully. Uma incrível ação, que poderia tranquilamente ser um longa metragem no cinema.
Depois vem o episódio A TRINDADE. Fox Mulder, ao perder Scully e ter seus Arquivos X encerrados, perdeu tudo. E quem perde tudo não tem nada a perder: Ele encara os Vampiros num total enfrentamento e até transa com a mais vampiresca. Momentos de tensão incrível. Excelente episódio…
E para arrematar, no episódio que fecha o DVD, POR UM FIO, traz toda a agonia da coma de Scully. Um denso trama espiritual, onde Scully, mais para o outro lado do que desse, tem contato com seres desencarnados, incluindo seu pai. Fox Mulder trava densos diálogos com o pessoal do FBI e até chega a invadir a casa do Canceroso. Incrível o diálogo deles. O Canceroso tem ainda menos a perder do que Mulder…
E assim vai a minha releitura do melhor seriado de todos os tempos: Arquivo X. Estou agora no 3,o DVD do Segundo Ano da série. Faltam só 51 DVD’s!!! Eba!!!!

Fim do Mundo Carioca

ilustra_enchente2.jpg{imagem do Blog do Gabeira}
E o balanço global castigou severamente os cariocas nessa semana: um toró diluvial se abateu sobre a cidade.
Eu, sem ligar a tv, acompanhei a catástrofe passo-a-passo pela internet, notadamente pelo tempo-real do Twitter. O problema foi realmente sério, a ponto de alguns formadores de opinião terem se manisfestado.
O William Bonner narrou seus problemas de congestionamento na segunda-feira e hoje até fez versinhos como:
Parado em São Conrado, andando vez em quando.
O céu nem tão nublado, o chão quase secando
“…
O Gabeira, pré-candidato ao governo do Estado do Rio de Janeiro, twittou durante toda a madrugada de domingo para segunda e hoje escreveu um artigo em seu blog dizendo que “o temporal de segunda feira foi uma simulação dramática dos efeitos do aquecimento global” e que “não há cidade do mundo capaz de suportar os efeitos do aquecimento global”.
A Míriam Leitão twittou e escreveu em seu blog que ” temos que nos preparar para o futuro. Estamos despreparados…”
A evidência do balanço está aí, na cara de todos e agora afeta os formadores de opinião. Eles ainda timidamente falam sobre os problemas, sempre em tom alarmistas, no estilo “quem avisa amigo é”… Porém ainda falta muito discurso no caminho das soluções, e muito mais esforço ainda no caminho das ações necessárias para se implementar essas soluções…
Não se pode resolver problemas novos com velhas fórmulas. Acredito também que uma nova opinião, necessária para uma Nova Era, não pode ser formada a partir de “velhos” formadores de opinião, assalariados dos mantenedores do sistema de hoje, como a mídia e o governo.
Eu sinto que o Rio de Janeiro tenha sofrido tanto. Antes (no tempo de Pedro Álvares Cabral) o Rio era uma cidade maravilhosa. Hoje se tornou apenas num preâmbulo do que foi rapidamente retratado no filme 2010: um Fim de Mundo Carioca.

MTV se debate

Ontem assisti o MTV Debate, cuja chamada era: “Daime: Droga ou Religião?”. Como não uso tv em casa, fui na casa do Calliari para ver o programa.

Continuar lendo