Dina

Ricardina

Meu primeiro parceiro musical: Ricardo! Longas tardes de violão tocando “Preta Pretinha”, ao lado de nossas bicicletas…
Ele me chamava de “Tina” (Vicentina) e eu revidava chamando-o de “Dina” (Ricardina). Quaaa!!!
E agora vejo-o no YouTube, promovendo a banda do seu filho! Que legal!
Dina, e a nossa banda? Quando vamos ensaiar de novo??? Acho que nem me lembro mais como se toca “Preta Pretinha”…

Gravação do Hinário da Mad. Rita, no CHAVE

Eu adoro o Hinário da Madrinha Rita. Mensagens de muita Força, Disciplina e de devoção ao Mestre.
Essa gravação foi realizada no CHAVE dia 03/07/2010, utilizando um Iphone rodando o aplicativo Recorder Pro, da Dava.
Gravação direta, sem edições, sem efeitos de pós-produção, sem cara feia, nem distorções ou preleções.
Madalena puxando os hinos, e a banda “Chave de Harmonia” com Rubis, Alexandre (de Caxias), Cézar Santa Maria e Wilton nas violões. Clóvis na sanfona. E Egrégora do CHAVE cantando junto e tocando maracá.
Viva !!!

Amigos Musicais

Nesta semana recebi a visita de novos e velhos amigos musicais: O habitante da Floreta Irineu Barsé e o Neozelandês Tonny.
Altos sons!!! Altos Amigos!!!

Irineu e a Quadrola</a
IRINEU

Tonny e a Craviola
Tonny

Encontro dos Cristaleiros

Cristaleiros
E rolou em São Paulo, neste fim de semana, um encontro dos Cristaleiros!
“Cristaleiros” é um grupo que toca Crystal Bowls, as Tigelas de Cristal…
O encontro foi para celebrar o Equinócio de Outono: numa cerimônia de Harmonização Global, os Círculos do Som estabelecidos em várias partes do mundo se reúnem a cada Solstício e a cada Equinócio (em alguns casos na mesma hora), para criar as vibrações e freqüências das intenções que nós expressamos. As intenções são mantidas numa mesma consciência unida por várias pessoas ao redor do mundo e amplificada pelo poder do som. São elas:
Harmonia, Aceitação, Unidade, Alegria e Compaixão,
A família do Círculo do Som agora se estende por todo o globo com círculos na Argentina, Rússia, França, Egito, Peru, México, Estados Unidos, Chile, Espanha, Reino Unido, Noruega, Dinamarca, Holanda, Havaí, Austrália, Suiça e Brasil, entre outros.
Lú Rosa esteve presente com seu Crystal Bowl, e vibrou por toda nossa Egrégora do Bem…
E Vamos Além !!!
Encontro de Cristal Bowls - São Paulo
Crystal Bowl

A volta do Chacrinha

A volta do Chacrinha...
Quem foi ver o Velho Guerreiro?



Eu curti o Focus, mas isso foi na década de 70!!! Nem me lembrava que “eles” ainda assistiam, nem que o Abelardo Barbosa era integrante…

Ja, Mann!

eduk_cover_art-lores.jpg
Novo trabalho do Edu K.
Eu ainda não ouvi, mas acho que é bom! Bah!!!

A MÚSICA DOS ANOS 80

Não vou aqui discutir as exceções. Vou debater apenas sobre a regra. Portanto não me venham com exemplos pontuais: a exceção apenas confirma a regra!
A MÚSICA DOS ANOS 80 É MELHOR DO QUE A DAS DÉCADAS QUE VIERAM DEPOIS.
Arranjos, mixagens, timbres e execução: Os anos 80 tem um primor nesses quesitos musicais que nunca mais foi alcançado, nem com a democratização tecnológica que agora colocou um estúdio completo num notebook de mil dólares.
Eu ouço muita coisa nova, mas o que eu realmente gosto foi descoberto nos Oitenta.
Um pé no passado, outro pé no futuro: Essa é a base do meu trabalho! O passo, o movimento, a criação, a referência.


Realmente eu gosto da música dos anos 80! E para provar que a música vem piorando: Os anos setenta são ainda melhores do que os oitenta!!! Uauuu!!!! Então se os anos 70 são melhores do que os 80, o que dizer dos anos 60 !!!
O video abaixo é do Procol Harum, interpretando seu grande sucesso do ano de 1967, “A Whiter Shade of Pale”. Sente o clima e o som:


E eles ainda estão na ativa excursionando pelo mundo todo!
Isso é psicodélico, man!!!

Escutando no meu Iphone:

Amanda Palmer

Pensei que ela tocaria ukulelê no CD, mas o som é mais pesadão…
Nota: 3,5 (de 0 a 5).

Não esperem a Notícia, façam a Notícia, sejam a Notícia! AHO!!!

edukedukedukedukeduk.jpg
Leio no Twitter: right now at Fritz Radio 102,6 MHz with Shir Khan! Will drop a live set so, tune up! : )
Era o Edu K (@edukeduk) avisando que estava sendo entrevistado numa rádio FM da Alemanha.
Entro no Google, googou o nome da rádio (Fritz Radio 102,6 MHz), caio na Wikipedia, e no final da página acho o link para o site da rádio.
Na página de entrada, tudo escrito em alemão, mas distinguo o nome “Edu K” no meio das consoantes alemãs. Clico o link e começo a ouvir o programa.
Enquanto ouço os “tropical beats” do Edu, dou um aviso no meu Twitter (http://twitter.com/mondovr) que estava ouvindo a rádio. A Ale Nahra, lá de Sampa, retwita a minha mensagem e acrescenta: “bah véio, a fuder o Edu K do outro lado do oceano fazendo música – a arte abre liberta e leva longe“… “you have to find ways to reach people” diz o Edu K sobre distribuir música pela internet.
No final rola uma entrevista. Pego o Iphone e gravo o finalzinho. Do mesmo Iphone, mando a gravação para mim mesmo por email.
O formato do arquivo era .m4a. Vou pesquisar que formato é esse no Google. Áudio do Mac. Pesquiso um conversor de m4a para mp3 para baixar. Acho facilmente. Baixo, instalo e converto o arquivo para mp3.
Pego uma foto que fiz do Edu quando ele veio aqui no sítio no mês passado. Dou um tratamento na luz, na cor e coloco um efeito de repetir o padrão. Coloco a foto no MondoVR. Começo a escrever este artigo.
Volto para o Google e pesquiso um tocardorzinho de mp3 para colocar no meu blog. Acho um da própria Google. Subo o mp3 da entrevista por FTP para o meu blog, pego a URL de referência que ficou o arquivo e o resultado está aqui em baixo:
if (WIDGETBOX) WIDGETBOX.renderWidget(‘6abdf3fa-94bc-4bbe-8d3f-3bdb2eb44363’);Get the Google Audio Widget widget and many other great free widgets at Widgetbox!
Não esperem a Notícia, façam a Notícia, sejam a Notícia! AHO!!!
(para quem quer ouvir a Fritz FM, o link é http://www.fritz.de/live.wax. Estou ouvindo, não entendendo e gostando!)