Vamos nos permitir?

Permitir não é aceitar intriga, não é compactuar com hipocrisia, nem muito menos dar like pro recalcado que vem destilar segundas intenções na tua time-line.

Daí aparece o “friend”, vem comentar que o uso da bandeira da paz por mim é fake, que eu não sou aquele ídolo espiritual que ele cria (pretérito imperfeito do verbo crer), e aí eu pergunto: o problema é meu ou é dele? O intrigão sou eu ou é o tosco que vem aqui me cutucar. O problema é que vem me cutucar com vara curta. E até para vara longa, o “block” tá aí prá isso. Quando acontece isso a mariposa vai chorar pra sua bolha. “Ái, o Rúbis me fez dodói”. È tão manjado isso, os caras nem tem espontaneidade de criar drama novo! Toda a esquerdalha age assim. A vara que eu me referi aqui são as sinapses cerebrais.

Nos permitir é respeitar e ser respeitado, pois asseguro que quem não respeita não será bajulado aqui.

Nessa ordem. Primeiro respeitar.

Nos permitir é opinar construtivamente. E assim construtivamente receber minha atenção. Ainda que poucos assim não o façam (opinar construtivamente) recebem ainda assim minha atenção, pelo respeito pretérito que nossas jornadas já compartilharam.

E para opinar, neste meio das mídias sociais, tens que saber escrever. Não aguento adivinhar ideia mal redigida.

Nos permitir é saber a diferença entre a pizza e a sua opinião. A pizza, eu pedi. Então pisa leve.

Todos mandam na sua casa, eu também mando na minha. Pensa, antes de vir aqui escrever merda, se eu caguei na tua página.

Nos permitir é saber que mesmo quebrando o pau comigo nos ARGUMENTOS, estarei pronto para te dar um abraço e rir de tudo isso.

Sinceramente, não guardo rancor. No máximo, mantenho a indiferença.

Nos permitir é saber que juntos podemos ver um novo começo de era, mesmo cercados nesses muros de hipocrisia que insistem em nos rodear.

Não existe uma opinião única assim como não existe música de uma nota só. Até a nota dissonante, no momento certo é fundamental.

Vamos?

Quantize

Agora todo mundo é “quântico”, saem colapsando a função da onda por todos os lados, mas a Verdade é que não sabem porra nenhuma da função da onda (Schrödinger que os perdoem).

img_20200201_191341491

Assisti um filme que no futuro nos EUA todos eram idiotas e ficavam repetindo que beber determinado líquido era bom porque tinha “eletrólitos”, e faziam um sinal de mão, como num même. Essa minha crítica aos gurus de auto-ajuda quânticos tem muito a ver com isso.

A defesa deles é que tem-se que simplificar os conceitos para falar com as massas. Tá, Jesus usava parábolas e mesmo assim, tem interpretação para tudo o que ele diz de todas as formas que se queira entendê-lo, ou não.

Então chego no ponto: TEM COISAS QUE NÃO DÁ PARA SIMPLIFICAR, PARABOLIZAR, METAFORIZAR. A Equação de Schrödinger tem derivadas e cálculos matriciais e alguém só vai entendê-la ser já tiver passado por estes conceitos.

TEM COISAS QUE NÃO DÁ PARA SIMPLIFICAR, sinto muito.

Se você chegou até aqui, acompanhando, agora vem o que não dá para simplificar, e o motivo de todo esse preâmbulo:

================================================

“O teu relacionamento com o teu irmão foi desenraizado do mundo das sombras e seu propósito não santo foi transportado com segurança através das barreiras da culpa, lavado com o perdão, e depositado radiante no mundo da luz, onde foi firmemente enraizado.

De lá ele te chama para que sigas o curso que ele tomou, sendo elevado muito acima das trevas e gentilmente colocado diante das portas do Céu.

O instante santo no qual tu e teu irmão foram unidos não é senão o mensageiro do amor, enviado de além do perdão para lembrar-vos de tudo o que está além.

No entanto, é através do perdão que tudo isso será lembrado.

E quando a memória de Deus tiver vindo a ti no lugar santo do perdão, não te lembrarás de nenhuma outra coisa, e a memória será tão inútil quanto o aprendizado, pois o teu único propósito será criar.

Entretanto, não podes ter o conhecimento disso enquanto todas as percepções não forem limpas e purificadas, e finalmente removidas para sempre.

O perdão apenas remove o que não é verdadeiro, erguendo as sombras do mundo e carregando-o são e salvo dentro da sua gentileza, para o mundo resplandecente da percepção nova e limpa.

Lá está o teu propósito agora.

E é lá que a paz te espera.”

(from “Um Curso em Milagres” by Dr. Helen Schucman)

Muy amigo…

img_3317

O inimigo do teu inimigo é teu amigo?

Assim funcionam os clusters, ou bolhas, ou conchavos ou conluios. Substantive como quiser.

No final, é tudo a mesma coisa, eu sou um outro você, somos todos um.

Mas enquanto isso (enquanto não chega no final) é cada um por si…

===========================

A mídia não é tua amiga. Nunca foi. Formatação e Perda de Tempo para quem não tem Discernimento. Isso que ela é.

===========================

Acabou o táxi. Acabou o rádio. Acabou a livraria. Acabou a TV (não assisto fazem 15 anos). E agora a mídia está na UTI.

Acho divertido os jornais na Internet pedirem que eu me registre ou pague para ler suas interpretações tendenciosas sobre as fontes diretas. Dou risada e fecho o site.

=============================

Quem quiser saber de mim, fale comigo, leia minhas publicações, ouça minhas músicas.

Respondendo a pergunta inicial. Inimigo do inimigo NÃO é teu amigo. Não ouça.

Diário de NY

Em um dia 09 de Janeiro, há 35 anos atrás…

“De manhã fomos procurar ingressos para os musicais da Broadway. No cruzamento da 7.a Avenida com a Broadway há uma praça e nessa praça existe um lugar chamado TKTS onde vendem ingressos para os espetáculos de teatro pela metade do preço da bilheteria.
Estava um frio incrível, o maior que eu já senti na vida, as orelhas e a testa doíam,e eu xingava o frio a toda hora. Nada adiantou, pois os ingressos já haviam se esgotado.
Fomos então até o Radio City Music Hall onde estava passando o espetáculo “Magnificient Christmas Special”, um musical de Natal. Compramos os ingressos para a apresentação noturna.
Finalmente fomos tomar café da manhã e entramos num lugar chamado “Coffee”, já no Rockefeller Center. É um lugar muito bonito, super chique e com comidas ótimas. Traçamos um chocolate quente com uma maravilhosa torta de maçã. Uma delícia”….

Fragmentos do meu Diário de N.Y., as aventuras que fiz em 1985 em New York. Hoje fazem 32 anos dessa aventura, onde rolou viagem de navio, jantar no (finado) Asti, namoro com uma maravilhosa loira sueca no Y.M.C.A., compras na 46, passeio de BMW no Bronx.

E assim é a vida. Uma lembrança das coisas boas. As ruins, vão embora naturalmente. Parabéns NY!

Estamos Grávidos !!!

Estamos Grávidos!!!
A Lú Rosa soube hoje que está grávida! De 5 semanas !!!
Na foto, eu a Lú e a Ama Flor… A Ama Flor, filha do Rodrogo e Racila…Neste fim de semana a Ama não parava de me dar a sua boneca… Acho que ela já sabia…
VIVAAAA !!!

CHOCOTIRAS

CHOCOTIRAS
Nova delícia da CEREALART
www.cerealart.com.br

A Tatá de Perto


A Tatá de perto

Semana passada comparecemos ao requintado Teatro do Bourbon para assistir a estréia da Tatá no elenco de “Os Homens de Perto“.
Muito eu já falei sobre a Tatá aqui no blog, em nossa época do psytrance. E daqui para a frente, graças ao seu talento e sua garra, tenho a certeza que toda a imprensa também vai falar muito sobre Thaís Siegle.
Parabéns, Tatá!


Os Homens de Loooonge…