Como dizem os gaúchos…

Deu PTi…
E o PT se danou no segundo turno das eleições municipais aqui em Porto Alegre, em Caxias do Sul, em Pelotas, em Curitiba e em São Paulo!!! Todas com margens pequenas de diferença, o que é mais gostoso ainda, pois a derrota fica mais traumática… Ou seja, a estrela foi varrida do sul do Brasil. Estrela cadente… Decadente!
E já está prenunciada um nova revoada dos perdedores para Brasília…
(E para quem não sabe, clique no link abaixo para entender o significado da expressão que iniciou este artigo e que foi difundida na música de Kleitor e Kledir).

Continuar lendo

Treino de Rodagem

VR2 RunningTreinos de rodagens são aqueles que o objetivo é acostumar o corpo com a distância, sendo que o ritmo não precisa ser muito puxado.
Aproveitei a linda tarde de sol e fiz um treino de rodagem no Iguatemi. Total de 7.500 m em 47’39” a 145 batimentos cardíacos por minuto.
No final já se exibiam os sintomas de exaustão e uma leve puxadinha no tendão de aquiles direito reapareceu. Por prevenção, já entrei na bolsa de gelo…

Bandeira Ideológica

Viva a Demo-cracia Petista!!!
Cheguei agora da seção eleitoral. Presenciei uma cena lamentável.
Tranquilo estava eu na fila, quando chega uma eleitora com um bandeira do PT aberta e se posiciona atrás de mim.
Incomodado pela bandeira, tanto ideologicamente quanto fisicamente, já que a eleitora encostou-a em mim por duas vezes, respondi somente com pequenos passos a frente tentando sem muito sucesso me distanciar do objeto hostil.
Nesse momento a fiscal da Zona Eleitoral aborda a eleitora explicando que a bandeira não poderia estar aberta, e sim no mínimo enrolada. E sabe o que a eleitora do PT fez? Disse que esse assunto não está totalmente esclarecido na lei eleitoral e virou um crachá que portava no pescoço se identificando como “fiscal” (???) e dizendo que entendia do assunto.
A verdadeira fiscal se retirou e eu me indignei. Falei para a portadora da bandeira que deveria ser utilizado um bom senso, e que ela por ser “fiscal” deveria dar o exemplo. Ao que ela retrucou que naquele momento lá estava como eleitora, e que quando “em fiscal” ela não usava a bandeira. Falei então, com meu coração já palpitante, que ela enquanto “na posição de eleitora” havia se valido da prerrogativa de “fiscal” e dado um “carteiraço” e que isso era uma posição autoritária. Ela respondeu desfraldando a bandeira e agitando-a em plena fila, a poucos metros da urna.
Várias pessoas se manisfestaram contra tal ato, e uma senhora me disse que quem reclama também é radical.
A primeira fiscal que abordou a petista chamou um elemento da força policial da Brigada Militar e explicou para ele o que estava ocorrendo, solicitando ajuda.
Quando a petista saiu da cabine eleitoral foi interceptada pelo policial que solicitou o enrolamento imediato do pedaço de pano vermelho com a estrela no centro.
Configurou-se um “auê”, e eu me limitei a fotografar rapidamente a eleitora sendo intimada a se retirar.
Não concordo que quem reclama também seja radical. Para quem não tem limites é difícil aceitar onde começa o respeito pelo próximo.
Hoje, no fim do dia, não é uma boa idéia circular pela cidade, independente do que venha a ser o resultado do pleito.

I’m going through changes

Hoje foi dia de mudança.
(espero que amanhã também seja, para tentar remediar um pouco…)
Trilha sonora da tarde de sábado: Changes.

Continuar lendo

Big Brother Mobile

A tecnologia celular continua avançando a passos largos.
Agora já é possível assistir televisão na telinha do celular (apenas de alguns aparelhos, é lógico…) e se posicionar gograficamente e saber onde pessoas de seu relacionamento estão no presente momento.
Leia as matérias:
Vivo apresenta serviço de localização no celular
TIM leva tevê para o celular
e acredite-me: Isso é só o começo…

Você que votou no PT

Você que votou no PT e elegeu o Tarso “Sogro” nas últimas eleições municipais.
Lembra-se do ocorrido? Refrescarei a tua memória: o cara renunciou logo depois. Saiu da prefeitura, cargo para o qual foi eleito, para ir para Brasília integrar o governo Lula.
O Lula chamou toda a “cúpula” gaúcha para ir para Brasília. Até o Horrível Dutra hoje é ministro!!! Ministro das Cidades !?!
Desse jeito vai ser fácil para o Raul “Monte” mudar para o Planalto Central depois das eleições: com vitória ou derrota seu futuro em Brasília está assegurado. Pelo menos nos próximos anos, até o fim do Governo FHC, ops…. Governo Lula…
Lembre-se disso!!!

8 ou 80

Porto Alegre é uma terra de extremos: ou é ou não é.
Gremista ou Colorado. PT ou Anti-PT. Zero Hora ou O Sul. Gramado ou Torres. E por aí vai… Isso é creditado historicamente desde os tempos dos Maragatos e dos Ximangos.
Como eu não sou daqui, não entendo muito bem como isso funciona. Como eu não sou daqui, fico na linha mais de centro do que de extremos. A virtude está no meio, escreveu o filósofo.
Como eu não sou daqui, eu me beneficio da imparcialidade que o fato de não ser gaúcho me confere. Por exemplo, na última aula de Pump a “fessora” ficou tirando sarro de uma maneira insuportável dos gremistas. Em certo momento ela me perguntou:
– E aí Rubi, você é Gremista ou Colorado. Deve ser Gremista, pois está com cara de triste. (como se alguém pudesse estar feliz depois de uma série de 500 repetições de bíceps…)
E eu repondi: – Não sou Gremista, sou Paulista. E torço pelo Santos. E estamos no primeiro lugar da tabela do campeonato.
Entre o 8 e o 80 prefiro ficar em 44, que é a média entre eles. Mas em uma coisa eu acho que estou me agauchando, tchê: Sou anti-PT desde criancinha…